Saiba mais sobre a infecção urinária

 

A infecção urinária é definida como a presença de micro-organismos em alguma parte do sistema urinário, como os rins, a bexiga e até a uretra. Quando acomete os rins, chamamos de pielonefrite, quando é a bexiga, chamamos de cistite. Quando atinge a uretra, por sua vez, é a uretrite e quando acomete a próstata denominamos prostatite.

A doença pode acometer indivíduos de qualquer idade e sexo, mas é bem mais comum entre as mulheres, pois estas possuem a uretra mais curta do que a dos homens, permitindo que as bactérias tenham um acesso mais fácil à bexiga. A infecção urinária ocorre, principalmente, quando os micro-organismos, na maioria dos casos bactérias do trato intestinal, entram em contato com uretra e atingem a bexiga, os ureteres e os rins. A bactéria que mais comumente causa esse tipo de infecção é chamada Escherichia coli, e faz parte da flora intestinal normal.

Os principais sintomas da infecção urinária são dor ao urinar, ardência na uretra durante a micção, urgência miccional, ou seja, quando a pessoa sente uma vontade súbita de urinar, ato de urinar várias vezes ao dia e em pequenas quantidades, urina com mau cheiro, de coloração alterada, podendo haver eliminação de sangue na urina, que fica avermelhada ou acastanhada. Além disso, o paciente pode sentir dor na parte baixa da barriga, associada ou não ao ato de urinar. Nos casos em que a infecção atinge o rim, o quadro é bem mais grave e a pessoa doente apresenta febre, calafrios, dor lombar, náuseas e vômitos.

Para diagnosticar a infecção urinária, o principal exame a ser solicitado é o exame de urina. Ele é capaz de mostrar a presença de bactérias na urina e também outros sinais que ajudam a fazer o diagnóstico. Juntamente com o exame de urina, uma cultura (urocultura) é solicitada, que pode mostrar proliferação de bactérias e permite identificar qual é a causadora da doença.

O tratamento é feito com antibióticos, escolhidos de preferência após os resultados da cultura de urina. Excetuando-se os casos de infecção dos rins, quando os antibióticos são dados por via venosa, os outros casos podem ser tratados com medicamentos por via oral. A duração do tratamento depende do tipo de infecção urinária e do antibiótico escolhido, podendo durar 3, 7 10 ou 14 dias. É importante que se faça o tratamento durante todo o período prescrito pelo médico, para evitar a recorrência do quadro.

 

Fonte: Boa Saúde

Imagem: http://www.einstein.br

 

Para encontrar um bom urologista, acesse www.go2doc.com.br e procure o profissional ideal para suas necessidades!

 

 

Compartilhe: