Pressão alta afeta a estrutura cerebral

A pressão sanguínea mais alta do que o recomendável é um dos maiores problemas de saúde nos países desenvolvidos e em desenvolvimento e a grande causa de muitos problemas cardiovasculares, como AVCs ou infartos. Agora mais um dado junta-se às estatísticas. Pressão arterial elevada danifica as estruturas cerebrais.
O estudo conduzido por pesquisadores da universidade norte americana UC Davis constatou que o fluxo sanguíneo excessivamente pressurizado danifica estruturas  essenciais do cérebro como a matéria branca, responsável pela transmissão de sinais elétricos. E isso começa a ocorrer a partir dos 30 anos de idade, bem antes do que se imaginava.
Estudos ligando  pressão alta a maiores riscos de atrofia e danos cerebrais já haviam sido feitos, mas é a primeira vez que se demonstra quão cedo começam os efeitos no organismo. A hipertensão é a doença crônica com maior incidência no Brasil, afetando 35% da população acima de 40 anos.

Fonte: ScienceDaily

Foto: http://migre.me/bB2eU

Encontre um cardiologista:

http://www.boaconsulta.com/profissionais/cardiologista

 

Compartilhe a notícia com os links abaixo:

Compartilhe: