Fazer exercício ajuda a parar de fumar

Hoje (29/08) é o Dia Nacional do Combate ao Fumo.  Se você precisa largar o cigarro, aí vai um incentivo para tornar a tarefa mais fácil: praticar exercícios físicos. Segundo estudo publicado esta semana pela revista especializada Addiction, a prática de atividade física diminui a sensação de necessidade de nicotina no corpo e auxilia na luta contra a compulsão pelo cigarro.

De acordo com o professor Adrian Taylor, da Universidade de Exeter, o exercício traz uma vantagem dupla para o fumante. É ao mesmo tempo uma distração mental para impedir o hábito nocivo e uma fonte de bem-estar natural, devido à liberação de neurotransmissores importantes para o bom funcionamento mental, tais como a dopamina.

O estudo combinou dados de 19 outros experimentos clínicos feitos com fumantes que não participavam de programas antifumo nem usavam adesivos de nicotina ou outros substitutos ao vício. Esses pacientes foram divididos em dois grupos. Enquanto alguns praticavam exercícios físicos, como andar ou pedalar, outros assistiam televisão ou simplesmente ficavam sentados. Resultado: os participantes que fizeram exercícios físicos sentiram menos vontade de fumar depois de se exercitar. O mesmo não aconteceu com o grupo que permaneceu sem atividade física.

Para os pesquisadores, não há clareza do impacto do exercício físico na predisposição de fumantes a largar o vício completamente. Mas, para os fumantes, se o hábito de se exercitar não levar ao abandono do tabagismo, pelo menos é um impulso para sair do sedentarismo.

Compartilhe a notícia nos links abaixo.

 

Compartilhe: