Pílula anticoncepcional causa trombose em jovem

“Eu corri grande risco de morte e só por um milagre estou aqui hoje contando”. Aos 24 anos, a estudante Thais Rezende Xavier sofreu uma embolia pulmonar. A causa: a pílula anticoncepcional Diane 35.

Thais tomou o medicamento por um ano. No final do ano passado, ela começou a sentir falta de ar e cansaço. Em um mês, o quadro se agravou.

“Tinha procurado médicos e feito exames, mas não apareceu nenhum problema. Teve um dia em que desmaiei na rua, o médico que me atendeu identificou a embolia e a primeira coisa que me perguntou foi se usava algum hormônio”, conta.

A estudante precisou passar por três cateterismos e implantou filtros nas veias (para evitar que os coágulos seguissem para o cérebro, coração e pulmões).

Thais diz que não fumava, não tem sobrepeso ou histórico familiar de trombose. Segundo ela, o Diane 35 foi o único hormônio que tomou.

O caso é incomum, mas levanta preocupação. Para o ginecologista Rogério Bonassi, a estudante pode ser um dos casos raros de trombofilia que existem no mundo. “O uso de qualquer hormônio pode ter um risco. Mas o risco de quem não usa anticoncepcionais ou similares é de cinco em cada 10 mil mulheres. Se elas tomam pílula, o risco passa a ser de 9 para 10 mil mulheres”, explicou ele à Agência Brasil.

A França decidiu suspender a venda do Diane 35 – nos últimos 25 anos, o país registrou 125 casos de trombose e quatro mortes de mulheres que usavam o medicamento.

No mundo a incidência da trombose em mulheres é de cinco casos para cada 10 mil mulheres. No caso de pessoas que tomam pílula, o risco passa a ser de nove casos para cada 10 mil. Em mulheres grávidas, sem o uso de hormônios, as estatísticas adotadas universalmente apontam que 30 mulheres, em cada 10 mil, poderiam desenvolver a doença.

“A pílula é segura. Mas, o uso indiscriminado não deve ocorrer e sabemos que muitas mulheres tomam pílulas indicadas por amigas ou vizinhas”, disse o médico.

(Com informações da Agência Brasil)

(imagem: Wikimedia Commons)

BOTÃO-CONSULTA2

Compartilhe: