O que é a síndrome de Diógenes?


Não é uma figura incomum no cotidiano. Aquele idoso que nunca sai para a rua,  mora sozinho e cuja casa lembra um museu caótico, com milhares de objetos que deveriam ter sido dispensados há anos figurando nas prateleiras. Preste atenção: pode ser o indício de um transtorno psiquiátrico chamado Síndrome de Diógenes.
A síndrome de Diógenes é geralmente ligada à senilidade que pode vir junto ao processo de envelhecimento. Ela consiste na acumulação compulsiva de objetos juntamente com a negligência dos cuidados com si próprio, como higiene ou cuidados com a saúde. Foi nomeada assim em referência ao filósofo Diógenes, o cão, (412- 323 a.C) que morava em um barril.
Uma variante é a síndrome de Noé, que leva as pessoas a acumularem animais em suas casas, em num número muito acima do saudável. Ambos os processos devem receber atenção médica, pois são indicadores de degeneração no lobo frontal cerebral, envolvido na capacidade de decisão e comportamentos compulsivos.

Encontre um psiquiatra: http://www.boaconsulta.com/

Compartilhe este texto:

Compartilhe: