O oráculo do Alzheimer

Se você tivesse a chance de saber o futuro da sua saúde, o que faria? É melhor se preparar para responder a pergunta. Médicos da Escola de Medicina da Universidade de Washington agora são capazes de dar um diagnóstico de um tipo específico da Doença de Alzheimer 25 anos antes do surgimento dos sintomas.

Na pesquisa, os cientistas examinaram 128 pacientes britânicos, americanos e australianos com elevado risco genético de desenvolver a doença: 50% deles possuía histórico genético familiar de uma mutação capaz de provocar o mal de Alzheimer precocemente. Os pacientes passaram por exames de sangue, fluido espinhal e ressonância magnética cerebral. Os resultados foram comparados aos exames de pais dos pacientes que desenvolveram a doença. E a conclusão foi uma espécie de oráculo do Alzheimer. 25 anos antes da primeira manifestação da doença, já é possível perceber alterações no fluido espinhal do paciente. 15 anos antes, alterações cerebrais já estão presentes.

Como é possível prever exatamente quando alguém desenvolverá Alzheimer? As estimativas na realidade são baseadas no fato de que, por motivos genéticos, o paciente costuma desenvolver a doença aproximadamente na mesma idade em que um dos pais manifestou sintomas. A pesquisa publicada no New England Journal of Medicine é promissora, mas ainda é muito cedo para comemorar. Os resultados dela só serviriam para prever cerca de 1% dos casos de Alzheimer. Isso porque a maior parte das manifestações da doença não ocorre pelos mesmos motivos genéticos estudados na pesquisa.

Compartilhe a notícia nos links abaixo

Compartilhe: