O doutor responde: qual é a melhor posição para dormir?

De lado, de bruços ou barriga para cima? Colchão mais firme ou macio?

Quais os cuidados que as pessoas devem ter ao escolher um travesseiro e um colchão? Qual é a melhor posição para dormir?

RESPOSTA: Em geral as pessoas procuram por um travesseiro mais macio, que aparentemente indica um maior conforto. Porém, o grande problema é que ele acaba afundando e o indivíduo passa a dormir numa posição inadequada que pode levar a contraturas, torcicolos e dores na região dos ombros e pescoço. Para os colchões, o mesmo erro é cometido frequentemente.

A escolha se deve basear em travesseiros e colchões mais firmes, seja de espuma, látex ou viscoelástico, que costumam durar mais tempo. Os colchões duram em média de 5 a 6 anos, ou até que comecem a afundar.

A melhor posição para dormir é em decúbito lateral (de lado), com outros travesseiros estrategicamente posicionados para evitar que o tronco fique alinhado e não haja rotação da coluna, por exemplo.

Decúbito dorsal ou barriga para cima não é contra-indicado, mas recomenda-se o uso de um travesseiro sob os joelhos para evitar que haja aumento de tensão dos músculos posteriores da coxa e consequentemente alterem o posicionamento da coluna lombar e pelve.

Decúbito ventral ou barriga para baixo não é recomendado pois há grande chances do indivíduo se manter com postura inadequada como rotações e inclinações excessivas na coluna cervical e lombar.

A importância de se dormir numa posição considerada neutra é que a sua deficiência pode causar, contribuir ou até perpetuar a dor.

SOBRE O MÉDICO: Leonardo Fusazaki graduou-se pela Universidade de Mogi das Cruzes em 2002, e especializou-se em Ortopedia e Traumatologia pela UNIFESP (EPM). O Dr. Fusazaki possui formação em diversas técnicas de Terapia Manual. Atualmente, atende em sua clínica particular com foco em problemas músculo-esqueléticos da coluna vertebral e dedica parte do seu tempo ao tratamento de disfunções mandibulares, além de ser professor convidado de cursos de pós-graduação em Fisioterapia e Odontologia. Marque uma consulta agora mesmo.

20130205 - doutor responde

Compartilhe: