Nova injeção do MIT dói tanto quanto picada de mosquito

Você é daqueles que sente arrepios só de olhar para a foto? Então vai adorar a nova descoberta dos cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT): uma injeção sem agulha que dói o mesmo que uma picada de mosquito. Literalmente. Por meio de um orifício na pele exatamente do tamanho que um mosquito faz ao picar, o novo equipamento injeta imediatamente o medicamento na corrente sanguínea. A partir de um mecanismo controlado por magnetismo e corrente elétrica, é possível definir a dose e a profundidade exatas da injeção. A diferença entre a invenção do MIT e a popular máquina de pressão usada para injetar vacinas é a precisão. Os equipamentos existentes no mercado têm uma eficácia de apenas 10% de absorção do medicamento pela parte correta do tecido celular. Na invenção do MIT, a eficácia é de 80%. Se o novo equipamento for bem sucedido, ele ainda pode ajudar a aumentar a disponibilidade de medicamentos nos países em desenvolvimento. Como ele usa drogas em forma de pó sólido, há bem menos necessidade de refrigeração, o que torna mais barata a manutenção de medicamentos. Agora, quando um médico disser “é só uma picadinha”, você não vai mais poder falar que é mentira.

Compartilhe: