Maconha pode ser arma contra doenças da obesidade

Dentro de uma folha de maconha podem existir verdadeiras armas químicas contra os males da obesidade. Cientistas da empresa GW Pharmaceuticals (Inglaterra) descobriram dois compostos extraídos da folha da cannabis sativa capazes de estimular o metabolismo a queimar mais calorias no corpo humano.  Embora a cannabis seja mais conhecida por aumentar a fome nos consumidores da droga, os dois compostos encontrados (THCV and cannabidiol) têm um efeito supressor do apetite, exercido apenas por tempo limitado.

Por meio de testes em animais, os pesquisadores descobriram que os compostos são eficazes para tratar diabetes do tipo 2. Eles conseguem reduzir o nível de colesterol no sangue e eliminar gordura acumulada dentro de órgãos vitais, como o fígado.

Atualmente os cientistas conduzem exames clínicos em 200 pacientes. O objetivo é desenvolver a partir dos compostos uma droga que trate a síndrome metabólica, doença em que a combinação de diabetes, pressão alta e obesidade aumentam o risco de derrame e doenças cardíacas.

BOTÃO-CONSULTA2

Compartilhe: