Leite materno mata HIV

Uma nova pesquisa pode resolver uma dúvida que sempre intrigou os profissionais de saúde: leite materno transmite o vírus do HIV? De acordo com as estatísticas, cerca de 15% dos bebês de mães com HIV positivo contraem a doença na primeira infância. Para investigar a relação da estatística com o aleitamento materno, a cientista da Universidade da Carolina do Norte (EUA) Angela Wahl desenvolveu camundongos com tecido celular geneticamente humano. Os camundongos receberam uma dose oral diária do vírus HIV. Ao final do estudo, todos foram infectados. Em outro grupo de estudo, os camundongos receberam leite materno infectado com HIV. Resultado: o vírus não foi transmitido.
Os cientistas ainda não sabem ao certo qual componente do leite materno foi responsável por impedir a infecção. Mas, se ele for identificado, pode ser usado para combater a transmissão da doença inclusive por outras vias, como a sexual.
Se o leite materno não transmite a doença, o que explica os 15% de bebês que são amamentados por mães com HIV e desenvolvem a doença? Possível resposta: contato com feridas ou rachaduras nos seios da mãe.

Coompartilhe a notícia nos links abaixo

Compartilhe: