Dormir pouco por várias noites seguidas altera genes

Pesquisadores comprovam que privação do sono altera o funcionamento de genes essenciais para a saúde

Problemas cardíacos, obesidade, estresse, depressão e diabetes. Essas são algumas doenças que podem ser provocadas por falta de sono.

Pesquisadores da Universidade de Surrey descobriram que dormir menos de seis horas por dia por muitas noites seguidas altera o funcionamento de genes essenciais para a nossa saúde.

São mais de 700 genes que regulam, por exemplo, o sistema imunológico, o metabolismo e a resposta ao estresse. Por isso, a privação ao sono custuma ter impactos a longo prazo.

“A surpresa para nós foi que uma diferença modesta na duração do sono levou a esse tipo de alteração”, disse Derk-Jan Dijk, diretor do Centro de Pesquisa de Sono da Universidade Surrey. “É uma indicação de que perturbações do sono ou restrição de sono faz mais do que deixar você cansado.”

O próximo passo da pesquisa é ver como essa perda pode ser revertida – não se sabe se as alterações são uma resposta de curto prazo ou se podem gerar algum dano permanente para a saúde.

peanuts

Compartilhe: