Como a alimentação pode combater a fadiga?

As chuvas por todo Brasil trazem consigo um problema universal nas grandes cidades do país: os congestionamentos quilométricos. Nesses dias a jornada de trabalho habitual estende-se por mais duas, três, quatro ou mais horas gastas no trânsito. Alguns tipos de hábitos alimentares, no entanto, podem ajudar a combater a fadiga e resistir a tamanho estresse.
Em um primeiro momento, açúcares simples como os contidos em doces podem parecer ajudar, pois causam uma explosão de energia. Porém, ela se desfaz rápidamente e é seguida por uma fome renovada. Logo, o melhor a fazer seria limitar o açúcar refinado e ingerir alimentos com açúcares não saturados, como o contido em frutas e em alguns grãos. Eles serão digeridos ao longo do dia, proporcionando um nível mais estável de açúcar no sangue.
Outra dica para manter o nível glicêmico constante é evitar grandes refeições seguidas de um período de jejum. A digestão de almoços pesados causa uma queda de energia e leva o corpo a um estado de torpor pós-refeição. Faça refeições menores e mais constantes, ao longo do dia.
Finalmente, alguns alimentos tem propriedades que combatem o stresse e aumentam o nível de serotonina. Mel, alface, uva,  maçã, jabuticaba, tomate e espinafre estão na lista de alimentos que nos fazem mais tranquilos e, quem sabe, até capazes de sorrir no congestionamento que parece não ter fim.

 

Fonte: HarvardHealthLetter

Foto por Siona Karen:

http://migre.me/bOOVL

Encontre um nutricionista:

http://www.boaconsulta.com/profissionais/nutricionista

 

Compartilhe esta notícia com os links abaixo:

Compartilhe: