Cigarro afeta a memória de fumantes passivos

O cigarro não faz apenas mal para o pulmão e para o coração, mas também tem efeitos sobre a cognição. É o que indica um artigo publicado no periódico “Addiction”.

O estudo apontou que as pessoas que fumam e aquelas que são expostas constantemente à fumaça do cigarro têm mais dificuldade de lembrar coisas em uma lista de tarefas do que aquelas que não têm contato com o tabaco. Os pesquisadores afirmam que ainda é cedo para dizer que o cigarro prejudica a memória, mas os resultados são um sinal de que é preciso ter atenção.

Para a pesquisa foram recrutados 27 fumantes, 24 pessoas que são constantemente expostas ao cigarro e 28 pessoas que nunca são expostas à fumaça. Todas elas tinham entre 18 e 30 anos e foram submetidas a um teste de memória. As pessoas que afirmaram não ter contato com o tabaco tiveram um resultado melhor que os fumantes e que os fumantes passivos.

Os próprios pesquisadores alertam, porém, que esse foi apenas um pequeno estudo. Para ter certeza dos efeitos do cigarro sobre a memória ainda é necessário fazer outros testes, usando outras metodologias.

Compartilhe: