Bactéria e frutose são inimigos da balança

 

 

Um estudo em larga escala envolvendo cientistas de 50 países apontou que, pela primeira vez na história, mais problemas de saúde são causados pelo excesso do que pela falta de comida. Ou seja, obesidade e sobrepeso têm causado um impacto enorme na saúde das pessoas do mundo inteiro. E os vilões desse cenário estão sendo descoberto.

Uma pesquisa chinesa apontou fortes indícios de que uma bactéria que habita os intestinos humanos, a enterobacteria, pode ser uma das causadoras da epidemia de obesidade. Os cientistas conseguiram fazer um homem obeso perder 51 quilos ao aumentar seu ph intestinal, fazendo com que a bactéria, que prefere ambientes ácidos, praticamente sumisse de seu organismo.

Um outro vilão cada vez mais conhecido é a famosa frutose. Encontrada naturalmente nas frutas, é um açúcar simples utilizado para adoçar e estabilizar alimentos industrializados. Seu problema é que, ao contrário da glicose, a frutose não produz uma sensação de satisfação no cérebro e causa microinflamações ligadas à produção de hormônios que podem levar à obesidade a também à diabetes tipo 2.

 

Fonte: Newscientist

 

Foto por mexicanonadiet: http://migre.me/cDjSD

 

Encontre um endocrinologista: http://www.boaconsulta.com/

Compartilhe: