Analgésicos x Audição

Quando você pensa nos fatores que podem levar à perda de audição, dificilmente os analgésicos vem a cabeça. Mas um estudo de Harvard, publicado no American Journal of Epidemiology, sugere que o uso frequente de ibuprofeno (Advil, Motrin) ou paracetamol (Tylenol) podem contribuir para a condição. Durante o estudo, as mulheres que tomaram os analgésicos pelo menos duas vezes por semana, experimentaram perda auditiva. O uso ainda mais freqüente aumenta o risco em até 24%.

Os pesquisadores especulam que os analgésicos podem ser prejudiciais à cóclea, o mecanismo de audição em forma de caracol em seu ouvido interno. “O ibuprofeno pode reduzir o fluxo sanguíneo para a cóclea, o que poderia resultar em danos celulares e morte celular. Já o paracetamol, pode esgotar a glutationa antioxidante, que protege a cóclea de danos”, diz o autor do estudo Dr. Sharon Curhan, professor de medicina na Harvard Medical School.

Isso significa que você deve pensar duas vezes antes de tomar uma pílula para dor de cabeça ou dor nas costas? Não. Porém, o uso desses medicamentos com frequência ou durante longos períodos de tempo podem aumentar o risco de perda de audição, além de causar outros efeitos adversos à saúde. Como sempre, fale com o seu médico antes de usar qualquer medicamento.

Encontre clínicos gerais e agende sua consulta: http://boaconsulta.com/d/clinico-geral/sao-paulo-sp

Compartilhe: